Simplesmente agradeça

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook0
  • Compartilhar no Pinterest
  • Compartilhar no Twitter

Em verdade, a gratidão funciona como um sinal claro de fé plena e sadia, ou seja, um coração grato funciona como uma amostra e como uma evidenciação externa de que há dentro do agente uma fé frutífera e genuína.

Simplesmente agradeça

E ele, vendo-os, disse-lhes: Ide, e mostrai-vos aos sacerdotes. E aconteceu que, indo eles, ficaram limpos. E um deles, vendo que estava são, voltou glorificando a Deus em alta voz; E caiu aos seus pés, com o rosto em terra, dando-lhe graças; e este era samaritano. E, respondendo Jesus, disse: Não foram dez os limpos? E onde estão os nove? Não houve quem voltasse para dar glória a Deus senão este estrangeiro? E disse-lhe: Levanta-te, e vai; a tua fé te salvou.” Lucas 17.14-19

Certa vez, o escritor e teólogo Robert Charles Sproul ao relembrar a brilhante narrativa que lemos acima, afirmou que Cristo considerou insuficiente o sentimento de gratidão daqueles 9 (nove) leprosos que não voltaram para render graças a Deus.

É certo que aqueles 9 (nove), manifestaram ingratidão, displicência e indiferença a miraculosa ação de Jesus em favor deles mesmos. R.C. Sproul insiste no entendimento de que Deus comumente espera de nossa parte expressões de gratidão como respostas adequadas por tudo àquilo de sobrenatural e maravilhoso que Ele fez, faz e fará em nossas vidas.

Em verdade, a gratidão funciona como um sinal claro de fé plena e sadia, ou seja, um coração grato funciona como uma amostra e como uma evidenciação externa de que há dentro do agente uma fé frutífera e genuína.

Não sei se você sabe, mas a celebração do dia nacional de Ação de Graças surgiu nos Estados Unidos no ano de 1621. O dia foi criado pelos imigrantes ingleses, como manifestação de agradecimento a Deus pela excelente colheita daquele ano.

Mas, e daí? O que a data representa hoje? Por que a nossa igreja se reuniu no último sábado (24 de novembro)? Em um ano difícil demais para tantas pessoas, o que temos para celebrar ou agradecer?

Sinceramente, olho ao redor e percebo que nossa cultura é profissional em assassinar motivos de gratidão.

Parece que cada vez mais somos desafetos de uma vida grata. Parece que somos doutrinados para a insatisfação. Tudo parece não ser suficiente. Precisamos de mais. Queremos mais. Infelizmente, a ingratidão é uma marca bem presente em nossa geração!

Então, talvez a data seja importante para nos lembrar que, nem que seja por um dia no ano, precisamos nos voltar em gratidão àquele que em tudo tem nos sustentado e suprido. Talvez a data seja como um dia de conscientização de gratidão. Como um clamor que nos lembra que Deus é suficiente. Que nos estimula a pensar que o apelo cultural atual está equivocado e que ainda existe um remanescente fiel que deposita toda a sua satisfação em Cristo. Que compreende que nEle não nos falta coisa alguma. Que consegue ver motivos de gratidão em cada detalhe da vida. Que comemora esta data todos os dias, horas, minutos e segundos porque sabe que sempre há motivos para agradecer ao Senhor. A colheita sendo boa ou má... Agradecem! Um povo especial ciente de que a falta de hoje é a fartura de amanhã!

Alguém com o coração grato, certamente, é alguém mais alegre; é alguém menos preocupado, menos ansioso; é alguém com menor disposição a transtornos psicossomáticos; é alguém que confia em Deus toda sua vida, decisões e histórias.

Talvez no sábado (24 de novembro), você não tenha vindo celebrar conosco, no entanto, todo dia é dia de agradecer!

Quero propor um teste: Pare um pouco agora e olhe ao redor, o que você está vendo? Pessoas? Sua casa? A igreja? Seu cônjuge? Filhos? Agora, tente olhar um pouco para trás (para um passado longo ou recente) e relembre: Foram muitas lutas, mas você chegou até aqui! Cristo já se apresentou para você! Jesus tem sido seu protetor e provedor! Aliás, você já comeu hoje? Tem roupas em seu guarda-roupas?

Finalize refletindo e concluindo: Você está vivo(a)! Deus é contigo! Então siga o exemplo daquele leproso samaritano do texto bíblico que lemos acima: volte-se para Jesus e, simplesmente, agradeça!

Que Deus nos abençoe.

Pr. Segundo Almeida é pastor presidente da Primeia Igreja Batista de Mogi das Cruzes

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook0
  • Compartilhar no Pinterest
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Simplesmente agradeça

Enviando Comentário Fechar :/