Sérgio Moro no Ministério da Justiça

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

A decisão de Moro foi a vitoria da convicção sobre o pragmatismo interesseiro.

Sérgio Moro no Ministério da Justiça

A escolha do juiz federal Sérgio Moro para o Ministério da Justiça do governo Bolsonaro suscitou controvérsias. Muitos alegaram que a Operação Lava Jato perdeu a sua credibilidade, favorecendo assim a narrativa do PT, de que Moro teria sido parcial em suas decisões, dentre elas a que levou o ex-presidente Lula à prisão, inviabilizando a sua candidatura à Presidência da República, nesse ano.

Com isso, o PT quer inclusive recorrer para evitar a nomeação de Moro.

Outros especialistas destacaram o risco de Sérgio Moro deixar a sua brilhante carreira como juiz federal para ocupar um cargo político. De qualquer modo, existe a possibilidade de ficar apenas um tempo como ministro, até que possa assumir uma vaga no Supremo Tribunal Federal (pois o cargo é de nomeação pelo Presidente da República), quando um dos atuais ministros se aposentar, o que pode acontecer até 2020. Por isso, não haveria problema algum de Sérgio Moro passar pelo Ministério da Justiça, antes de ser indicado para o STF.

Na entrevista coletiva de imprensa que Sérgio Moro deu, em 6 de novembro, explicou que a sua ida ao Ministério da Justiça, ao contrário do que disseram os seus críticos, é para buscar institucionalizar a Operação Lava Jato, para que o combate à corrupção no Brasil seja permanente, e não apenas de um período.

E como ministro, ele terá condições políticas para tornar a Operação Lava Jato uma referência para as próximas gerações.

Sérgio Moro - como ministro - terá mais meios de ação para trabalhar por medidas de combate à corrupção, em tramitação no Congresso Nacional. E também terá como objetivo o combate ao crime organizado, proteção das fronteiras, etc. Ele sabe do quanto terá de trabalhar, para que sejam institucionalizadas iniciativas que garantam  melhores resultados no campo da Segurança Pública.

Sérgio Moro conta com amplo apoio da sociedade, e esperamos que tenha condições de realizar um bom trabalho, pois sabemos que tem competência técnica para isso. Rezamos também para que seja protegido em sua missão, pois não serão poucos os riscos, pelo que ele representa hoje de exemplo de ética na vida pública.

Rezamos e torcemos pelo melhor, para o bem do Brasil.

*Valmor Bolané Doutor em Sociologia e Especialista em Gestão Universitária pelo IGLU (Instituto de Gestão e Liderança Interamericano) da OUI (Organização Universitária Interamericana) com sede em Montreal, Canadá e Representa o Ensino Superior Particular na Comissão Nacional de Acompanhamento e Controle Social do Programa Universidade para Todos do MEC.”.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Sérgio Moro no Ministério da Justiça

Enviando Comentário Fechar :/