Serviço social: a garantia dos direitos do renal crônico

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Em 15 de maio é comemorado o Dia do Assistente Social. O profissional, que atua diretamente auxiliando as pessoas no alcance de sua cidadania, com o objetivo de promover o bem-estar físico e social,

Serviço social: a garantia dos direitos do renal crônico

Em 15 de maio é comemorado o Dia do Assistente Social. O profissional, que atua diretamente auxiliando as pessoas no alcance de sua cidadania, com o objetivo de promover o bem-estar físico e social, também pode trabalhar em diversas áreas dentro de empresas privadas, órgãos públicos e em Organização da Sociedade Civil (OSC). Por buscar melhor qualidade de vida para as pessoas, desempenha função estratégica na área da saúde, especificamente no trabalho dentro de clínicas de nefrologia.

Isso porque, garante que pacientes e familiares conheçam e entendam os direitos voltados aos cuidados do renal crônico. Cientes dessas informações, conseguem melhor amparo durante o tratamento.

Dentre os benefícios garantidos por lei, é importante citar alguns mais conhecidos e trabalhados com os pacientes do Instituto de Nefrologia de Bauru (Ineb), como o auxílio doença, aposentadoria por invalidez, benefício de Prestação Continuada (BPC), isenção de imposto de renda e saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Em relação ao transporte, o renal crônico tem direito ao transporte municipal gratuito, cartão de estacionamento em vaga especial, a mesma usada por idosos e deficientes, como também passe livre entre Estados. Porém, é preciso ficar atento, pois existem regras diferentes em algumas cidades do Brasil. O ideal é sempre consultar a legislação daquele município antes de reivindicar o direito.

Cada caso deverá ser analisado individualmente mediante leis apresentadas para a aquisição dos benefícios. Essa avaliação pode ser acompanhada pela assistente social, que, no caso do INEB, está à disposição do paciente.

Quando necessário, o serviço social também realiza atendimentos domiciliares, para providenciar orientações mais efetivas e fortalecer os vínculos familiares, procurando sempre proporcionar uma melhoria contínua na qualidade de vida dos pacientes.

Ana Paula Baggio é Assistente Social do Instituto de Nefrologia de Bauru (Ineb). CRESS/SP 33552

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Serviço social: a garantia dos direitos do renal crônico

Enviando Comentário Fechar :/