Expectativas de melhorias na educação

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Melhorias devem focar o professor e as condições de aprendizagem nas escolas, sobretudo no ensino básico.

Expectativas de melhorias na educação

Com a definição dos nomes para os Ministérios, vamos vendo, aos poucos, o perfil do novo governo, mais conservador, como tendência manifestada nas urnas, também no campo legislativo. Mas há uma expectativa em relação aos Ministérios da Saúde e da Educação.

Realmente se tratam de dois ministérios muito importantes, tendo em vista as grandes demandas nestas áreas, de forte impacto social. Em se tratando da Educação, o desafio é imenso, pois o Brasil ainda está longe de uma melhor colocação no ranking mundial da Educação. Há muito que fazer.

O fato é que o que vemos é a desvalorização do professor como profissional, baixa capacidade de aprendizagem, falta de disciplina, de concentração, de motivação, e foco pedagógico e didático atualizado etc., fazendo com que o Brasil tenha um sistema de Educação que não consegue cumprir com a sua finalidade social, que é garantir aos alunos o mínimo de conhecimento para lidar com os desafios da vida.

Por isso, faz-necessário que haja uma nova estratégia, que leve em conta as carências da atual realidade e busque supri-las com medidas realmente eficazes.

Daí que a Educação deve ser prioridade, pois é à base das atual e nova geração. É preciso começar desde o ensino básico até o superior, criar condições para que o Brasil alcance níveis mais elevados na formação dos professores (e também nas melhores condições de trabalho) e de aprendizado dos alunos. Para isso, será preciso vontade política, determinação e conhecimento dos problemas.

Por isso, será importante que o próximo ministro da Educação seja acima de tudo um educador, pois só assim compreenderá os desafios que terá pela frente, com condições mais adequadas de encontrar soluções. 

Esperamos, portanto que o Ministério da Educação do novo governo seja profícuo em boas realizações, capaz de uma proposta ousada, com mudança de diretrizes, também pedagógicas, que conduza a melhores resultados.

Que professores e alunos sejam vistos como prioridade, com investimentos, especialmente em pessoas, que permitam uma educação com efetiva qualidade.

*Valmor Bolané Doutor em Sociologia e Especialista em Gestão Universitária pelo IGLU (Instituto de Gestão e Liderança Interamericano) da OUI (Organização Universitária Interamericana) com sede em Montreal, Canadá e Representa o Ensino Superior Particular na Comissão Nacional de Acompanhamento e Controle Social do Programa Universidade para Todos do MEC.”.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Expectativas de melhorias na educação

Enviando Comentário Fechar :/